Lombalgia

Você sabia que 90% da população mundial sofre pelo menos um episódio de lombalgia na vida?

Dor lombar então nem se fala, chamada também de lombalgia, é extremamente comum sendo a segunda causa mais frequentemente procurada para tratamento médico.

Tipos de lombalgia

A dor lombar pode se caracterizar de duas formas: aguda e crônica. Uma dor lombar aguda está ligada principalmente a má postura, carregamento de peso acima do recomendado, ou seja, qualquer esforço físico excessivo e dura em média 4 a 6 semanas. Já a dor lombar crônica consiste na permanência da dor por mais de 12 semanas.

Além das causas citadas acima a lombalgia pode ser causada por inflamação, infecção, hérnia de disco, escorregamento de vértebra, artrose e até problemas emocionais.

Sintomas e diagnóstico

O principal sintoma é a dor na região da lombar que pode irradiar para o meio da coxa. É um problema que pode levar até a incapacidade se não for tratado. Então quando tiver aquela dor que “trava a coluna” não hesite em consultar o médico.

Em 90% dos casos o diagnóstico é realizado com uma conversa entre paciente e médico e exame físico que pode identificar uma infecção, fratura ou compressão do nervo.

As medidas mais recomendadas são a prevenção como praticar atividade física regularmente, manter alimentação saudável e evitar sobrepeso.