Fibromialgia

A Fibromialgia é uma síndrome comum na qual a pessoa sente dores pelo corpo todo durante longos períodos, tem sensibilidade nas articulações, músculos, tendões e outros tecidos moles.

Está diretamente ligada à fadiga, dores de cabeça, distúrbios do sono, depressão e ansiedade. E segundo alguns pesquisadores a causa pode estar relacionada a um descontrole na forma como o cérebro entende os sinais de dor.

Quais fatores de riscos?

Os principais fatores de risco da fibromialgia são o histórico familiar, visto que a doença é mais recorrente entre membros das mesma família e ela pode ser mais comum em mulheres do que em homens principalmente na faixa dos 20 a 50 anos.

E os sintomas?

  • Dor generalizada que demora pelo menos 3 meses para passar,
  • fadiga, sono constantemente interrompido pela dor, apneia e insônia,
  • dor de cabeça, enxaqueca, dor pélvica, síndrome do intestino irritável, palpitações,
  • dificuldade de concentração, problemas de memória,
  • dormência e formigamento nas mãos e nos pés,
  • e ainda dificuldade para fazer exercício físico.

São alguns dos sintomas mais apresentados pelos pacientes, então já sabe, se suspeita de fibromialgia procure um médico reumatologista para orientá-la. Como o diagnóstico é dado clinicamente, sem a necessidade de exames laboratoriais mais complexos.

Seguir as orientações para o tratamento é a melhor maneira de conviver com uma síndrome de longa duração como a fibromialgia. Inclusive os tratamentos mesclam medicamentos e terapias cognitivo-comportamentais como a fisioterapia.